AUDIÊNCIA DE TV CRISTÃ AUMENTA EM QUARENTENA NO ORIENTE MÉDIO

14 JUN 2020
14 de Junho de 2020
EsA internet tem sido uma ferramenta essencial para propagação da mensagem de Cristo durante a quarentena. A emissora cristã SAT-7 recebeu sete vezes mais a resposta dos telespectadores durante o isolamento, desde que começou a transmissão em 2015.

Em abril, o canal comemorou o aumento de público no Oriente Médio e no Norte da África. Para um analista de perseguição da Portas Abertas, a notícia é muito boa.

“A covid-19 trouxe enormes desafios para as congregações da igreja em todo o Oriente Médio. As medidas de bloqueio criaram novas oportunidades para as igrejas, e os cristãos desfrutaram de uma maior visibilidade online do que nunca”, celebra.

Ele completa que a emissora cristã tem uma importância na divulgação de informações a respeito da propagação do coronavírus, pois chega até uma região onde há muita desinformação e censura governamental dos canais de TV locais.

“O imenso impacto da covid-19 fez com que muitas pessoas questionassem o que realmente acreditavam. Discussões online, apresentadas por igrejas e organizações cristãs, fornecem respostas e esperança nestes tempos difíceis. É provável que isso ajude a aumentar o número de convertidos ao cristianismo, especialmente aqueles de origem muçulmana”, destaca.

Entretanto, este é um momento em que aumenta a pressão sobre os cristãos ex-muçulmanos, já que se tornou impossível estar com outros seguidores de Jesus.

“Eles costumam ficar em casa confinados com suas famílias islâmicas e pode ser muito difícil participar de atividades online devido à presença familiar próxima, especialmente durante o Ramadã. No entanto, muitos com telefones celulares agora têm tempo para ouvir ou assistir à mídia cristã em segredo. Isso é particularmente importante para os cristãos isolados que precisam manter contato com outros irmãos em Cristo”, conclui.



fonte:portas abertas
Voltar